muito bom!!


(via georgiastr)



(via futuro-heroi)


(via teffaaa)


Aliás, é tudo complicado. Você me pede pra não ir porque sabe que eu quero ficar. Você é toda difícil, toda confusa. Gosta de embolar qualquer fio, gosta de fazer perguntas sabendo a resposta. Você gosta de dizer que cansou, gosta de me deixar. Porque sei lá, você sabe que não me larga. Mas do mesmo modo que sabe que não me larga, sempre tenta largar. Você sabe o que a gente tem, você sabe que pelo menos alguma coisa existe. Tu insiste em apertar a tecla do nada, tu insiste em dizer a mesma coisa sempre. E comete sempre o mesmo erro, você larga tudo e acaba me aceitando na tua vida de volta. É tipo um ciclo vicioso ou uma rotina. O unico problema nisso tudo, é que você vive de espontâniedade. Você odeia rotinas. Eu odeio tudo que já conheço, tudo que eu já sei como termina. Mas você não sabe matar essa rotina, e eu sempre continuo no seu pé. Mesmo te conhecendo melhor que você mesma. Porque a gente é nossa exceção. Mesmo sendo absolutamente difíceis de entender. Sei lá, Robin. Acho que se a gente for parar pra tentar entender isso que a gente tem, a gente pira. Mas um dia a gente toma jeito. Um dia a gente dá certo. Mesmo sendo totalmente errados, de alguma maneira, juntos nós somos meio que… Certos. Porque você sabe me ajeitar e eu sei bagunçar você. É algo totalmente do avesso, mas mesmo assim dá certo. Quase não dá, na verdade. Mas relaxa, no final a gente acaba virando exceção de novo.
robin and stubb.  (via o-rgasms)

(via o-rgasms-deactivated20130115)






(via jaquesampaio)


Filho: Papai… Como você conheceu a mamãe?
Pai: Eu a conheci sem querer e me apaixonei por descuido.
Filho: E porque vocês decidiram ficar juntos?
Pai: Porque desde a primeira conversa, sentimos que tínhamos sido feitos um para o outro.
Filho: Mas faz tanto tempo… O amor não morreu? E o destino? Nunca tentou separá-los?
Pai: Sim e por muitas e muitas vezes lutamos contra. Mas sabem o que dizem: o amor supera tudo, inclusive as diferenças.